Maior festival brasileiro de música percussiva será em Salvador

Maior festival brasileiro de música percussiva será em Salvador
Correio Brasiliense
Salvador receberá a 21º edição do PercPan, o maior festival brasileiro de música percussiva, de 17 a 21 de janeiro. Dessa vez, eles inovam e incluem na programação mesas-redondas e encontros culturais que ampliarão também o espaço geográfico do evento, chegando ao Recôncavo Baiano. As três noites do evento serão marcadas por apresentações nacionais e internacionais reunidas de acordo com as afinidades de estilo e ritmo.
Os shows começam em 19 de janeiro e o momento foi batizado como Rime – Ritmo e melodia e pretende destacar a delicadeza rítmica. Sobem ao palco do Teatro Castro Alves o duo polonês GlassDuo, formado por Anna e Arkadiusz Szafraniec, e a cantora, compositora e multi-instrumentista Sona Jobarteh. Além deles, o sexteto mongol Khusugtun também se apresenta e recebe os convidados Luizinho do Jejê, Iuri Passos e Gabi Guedes.
As novas gerações da música brasileira são o foco da noite Inclua. Vindos de projetos sociais, o Trio MultiFaces, formado por David Martins, Aquim Sacramento e Fábio Santos; o Grupo de Referência de Ourinhos, que reúne os melhores percussionistas do Projeto Guri; e o Coletivo Rumpilezzinho , sob a regência do maestro Letieres Leite, são as atrações do segundo dia de shows.
Mudando um pouco de ambiente, as últimas apresentações serão no Terreiro de Jesus, no centro histórico do Pelourinho. Quem abre a noite intitulada Celebre é Roberto Mendes, seguido por Lucas e a Orquestra dos Prazeres e pelo grupo africano Staff Benda Bilili. Quem encerra o evento é o grupo madrilenho Patax , liderado por Jorge Pérez.
Para dividir com o público o que há de mais relevante do mundo da percussão, além dos shows o evento vai promover as mesas-redondas e encontros culturais na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). As discussões acompanham a programação e ocorrem todos os dias.
Serviço
21º PercPan
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB
(Rua do Imperador, 9 – Centro, Santo Amaro – BA)
Dia 17 de janeiro, das 14h às 16h, encontro cultural com Khusugtun (Mongolia).
Dia 18 de janeiro, das 14h às 16h,  encontro cultural com Sona Jobarteh ( Gâmbia/UK).
Dia 20 de janeiro, das 14h às 16h, encontro cultural com GlassDuo (Polônia). Das 15h às 17h, mesa-redonda sobre Acessibilidade musical com Staff Benda Bilili (RD Congo), Mônica Millet (Bahia) e  Banda Coração de Tambor do Instituto de Cegos da Bahia.
Teatro Castro Alves
(Praça Dois de Julho, s/nº – Campo Grande, Salvador – BA; (71) 3535-0600)
Dia 19 de janeiro, às 20h, shows com Glass duo, Sona Jobarteh, Khusugtun e convidados.
Dia 20 de janeiro, às 20h, shows com Trio MultiFaces, Grupo de Referência de Ourinhos e Coletivo Rumpilezzinho.
Largo Terreiro de Jesus
(Centro Histórico, Salvador – BA)
Dia 21 de janeiro, às 20h, shows com Roberto Mendes, Lucas & Orquestra dos Prazeres, Staff Benda Bilili, Muzenza e Patax.
Legenda da foto: Anna e Arkadiusz Szafraniec se apresentam na primeira noite de shows

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *