Epidemia

Bahia investiga nove casos de pessoas com febre amarela

Sayonara Moreno/Agência Brasil A Bahia tem nove casos suspeitos de febre amarela em humanos. Segundo boletim divulgado terça-feira (7), pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), foram 16 casos suspeitos, este ano, até o dia 1º de março. Sete, no entanto foram descartados após exames laboratoriais. Os casos que continuam em análise são procedentes das cidades de Itiúba, Itamaraju, Nova Viçosa, Teixeira de Freitas, Ilhéus, Feira de Santana, além de

Lixo descartado de forma irregular pode aumentar casos de dengue

Moradores de Vera Cruz devem ficar atentos para evitar a proliferação de doenças como a dengue, zika e chikungunya, principalmente durante o verão. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a época mais quente do ano possui as condições climáticas ideais para a ampliação de focos do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão das enfermidades. O primeiro passo é eliminar garrafas, sacos plásticos e pneus velhos que ficam expostos à chuva,

Brasil está sentado em 'bomba-relógio', diz especialista sobre febre amarela

Camilla Costa Da BBC Brasil em São Paulo O aumento de casos de febre amarela silvestre (transmitida em regiões rurais e de mata) em Minas Gerais pode ser um surto cíclico da doença, como o já observado em 2009. Mesmo assim, o país corre risco de ver um retorno dela às áreas urbanas, avaliam pesquisadores. Desde o início de janeiro, 23 casos suspeitos foram notificados no interior de Minas Gerais

Bahia já registra 52 casos da doença misteriosa

Da Redação/Jornal A Tarde Aumentou o número de casos suspeitos da doença misteriosa que provoca dor muscular e deixa a urina preta. De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), já são 52 casos registrados entre o dia 14 de dezembro e 5 de janeiro. O novo boletim foi divulgado nesta terça-feira, 10. Uma das hipóteses é de que a doença esteja relacionada ao consumo de peixe, mas não há confirmação.